Hoteis Montreal Canada 2

hoteis em montreal

Hotéis em Montreal – 11 hotéis para ficar na cidade

Estive em Montreal, no Canadá, em novembro de 2018. Abaixo mostro uma seleção dos hotéis em que me hospedei. A lista contempla hotéis em diferentes áreas da cidade e diferentes faixas de preço, para atender a viajantes com necessidades distintas. Todas as acomodações foram pagas pelo Melhores Hotéis e as fotos foram tiradas durante a a viagem!

Montreal é a segunda maior cidade do Canadá e faz parte da província do Québec, de colonização francesa. É uma cidade com uma excelente estrutura, construções históricas, tem uma das maiores redes de subterrâneas do mundo, bons locais para fazer compras e restaurantes de qualidade. É também o local ideal para quem gosta de visitar museus e frequentar teatros, já que Montreal é conhecida como uma cidade muito envolvida com as artes.

Falando de sua vertente hoteleira, o Canadá não é um país de grandes pechinchas mas também não tem preços altos. As diárias nos hotéis costumam ser mais caras no verão (junho, julho, agosto), que é o período de alta temporada no país. Já no inverno (dezembro, janeiro, fevereiro), as acomodações têm um nível de ocupação menor e preços mais baixos. Em Montreal recomendo ficar hospedado próximo a uma estação de metrô, que facilitará seu deslocamento pela cidade. Também pode valer muito a pena ficar em um hotel que tenha conexão com a RÉSO, que é a rede subterrânea da cidade – dessa forma você não passa tanto frio, já que a cidade subterrânea é aquecida. Usar a rua Saint-Catherine como ponto de referência é uma ótima pedida – a rua é uma das principais vias da cidade, tem muito comércio e vários restaurantes.

Entre as características gerais dos quartos de hotéis em Montreal, é perceptível que boa parte deles não têm iluminação no teto, geralmente a iluminação parte de luminárias, e os banheiros muitas vezes têm banheiras. Os quartos costumam ter frigobar desabastecido e praticamente todos têm cafeteiras. O café da manhã costuma ser servido em forma de buffet ou à la carte e pago à parte – não estão perto da fartura dos buffet’s de hotéis brasileiros, são bem mais simples, mas muitos têm pratos gostosos. Omeletes, panquecas, frutas com cereais e ovos costumam fazer parte do cardápio à la carte.

Outra informação relevante é que, assim como nos Estados Unidos, taxas são pagas à parte e grande dos estabelecimentos (diárias de hotéis, pratos em restaurantes, compras em lojas etc) mostram seus valores sem as taxas – no caso dos hotéis em Montreal, o valor dos impostos fica em torno de 18,47% do valor da diária. Esse valor, geralmente, é mostrado de forma separada.

 

Onde ficar em Montreal

Montreal tem uma região metropolitana grande e espalhada, mas a verdade é que a rede hoteleira está concentrada na região central da cidade, na área de Ville-Marie. Por isso, os hotéis em Montreal que me hospedei ficam também ali. Ainda assim, essa região é composta por pequenos bairros, com diferentes características e que podem servir melhor aos interesses específicos de cada viajante.

Centre-Ville/Downtown (centro da cidade) é a região certeira para quem quer ficar bem localizado, próximo ao comércio, restaurantes e ter fácil acesso ao metrô. Essa área também tem bastante comércio, especialmente nos arredores da Rua Saint-Catherine, que sempre tem movimento e uma boa oferta de lojas. Diferentes estações de metrô servem essa área, com especial destaque para as estações Peel e McGill, além da estação de trens Gare-Centrale.

O Quartier des Spetacles, a leste do centro da cidade, é uma área dedicada a teatros, museus e atrações culturais que também serve muito bem a quem pretende ficar no burburinho do que acontece em Montreal. O local é marcado pela presença da Place des Arts, um dos maiores centros culturais do Canadá, que abriga a orquestra sinfônica e ballet da cidade.

Pertinho dali e na beira do Rio Saint-Laurent (St Lawrence) está a região da parte antiga de Montreal, chamada Vieux-Montreal/Old Montreal. Essa área é marcada por edifícios históricos, ruas estreitas e muito charmosas, bistrôs, lojas de presentes e hotéis-boutique. Nem sempre as diárias dos hotéis aqui serão baratas, mas para quem procura um lugar charmoso e aconchegante, que permita fazer atividades a pé, pode ser uma boa pedida. É uma área ótima para se hospedar durante o verão, já que muitos restaurantes colocam mesinhas na rua e a área fica super animada.

Pouco mais a leste, está Le Village, um bairro descolado, conhecido pela vida noturna e por ser o coração da comunidade LGBT em Montreal. É uma área jovem, com vários restaurantes, assim como o Plateau Mont-Royal e Mile-End, que são áreas bacanas para quem procura hospedar-se em um apartamento ou em um bairro com uma veia mais residencial. Ainda assim, Le Plateau Mont-Royal, tem ótimos restaurantes e fica aos pés de uma das principais atrações da cidade, o Parque Mont Royal, que tem uma vista linda!

 

Hotéis em Montreal

Centre-Ville/Downtown

Hotel Bonaventure Montreal – localizado no centro de Montreal, esse é um hotel excelente para quem quer ficar perto das opções de compra da cidade, da Rue St Catherine, do shopping Eaton Centre e do metrô. O hotel é grande, tem bastante quartos, é uma acomodação confortável, com áreas de lazer aconchegante, piscina ao ar livre grande e aquecida, jardim de inverno, academia muito bem equipada e um diferencial excelente para quem viaja no inverno: acesso direto à rede subterrânea da cidade, RÉSO. Meu quarto no hotel era espaçoso, tinha uma cama macia e extra grande, vista para o jardim de inverno (e vários patinhos), estação de trabalho, banheiro de tamanho confortável, com banheira, frigobar e televisão grande. O local era bem silencioso e proporcionou uma boa noite de sono. O café da manhã é opcional no momento da reserva e o restaurante que o serve tem a opção de buffet ou à la carte. A opção buffet era boa, mas acabei optando por pedir panquecas no à la carte e fiquei satisfeita – o prato era farto e gostoso. Um diferencial do local é que para chegar à recepção do hotel é preciso pegar um elevador – como ele está interligado à rede subterrânea, torna o acesso ao hotel mais restrito. O Bonaventure tem bar e restaurante, então, caso não queira sair do local para fazer suas refeições, não será preciso. Leia outras avaliações reais sobre o Hotel Bonaventure.

Le Square Phillips – Instalado no centro de Montreal, esse é um hotel de grande porte, instalado em um edifício alto e com muitos quartos. O Square Phillips têm uma proposta diferente e indicada para quem quer ter um espaço parecido com uma casa, já que ao invés de quartos oferece apartamentos. O meu apartamento tinha em torno de 50 metros quadrados, uma cozinha toda equipada (geladeira, fogão, forno, copos e outros utensílios domésticos), um quarto com cama king, mais um outro quarto com cama de casal, sala grande e banheiro espaçoso – é o local ideal para quem viaja em família e quer espaço. O hotel não é novo, mas tem acomodações bem conservadas. No último andar do edifício fica uma varanda com vista super bonita da cidade, academia moderna e piscina fechada em área aquecida. Como viajei no inverno, bastante gente procurava a piscina para relaxar e essa é mesmo uma ótima dica ao viajar em um período frio, procurar um hotel que oferece uma boa estrutura para atividades internas. O Square Phillips fica próximo da estação do metrô McGill do The Bay, uma loja de departamento grande da cidade, que vende produtos de todo tipo. Leia outras avaliações reais sobre o Le Square Phillips Hôtel & Suites.

Hôtel Le Cantlie Suites – Essa é uma acomodação instalada em um edifício alto, com muitos quartos e uma ótima localização, a 2 minutos de caminhada da estação Peel, perto de shoppings e a duas quadras da Rue St Catherine. O hotel é elegante, com acomodações que misturam um ar antigo e ao mesmo sofrido uma reforma XXX. Meu quarto era bem espaçoso, cama grande, mesa de trabalho, sofá, vista linda para a cidade e uma espécie de armário, que na verdade, ao abrir suas portas, era uma cozinha! A pequena cozinha contava com microondas, frigobar, utensílios domésticos como copos e pratos, cafeteira e outros objetos. Com essa diferença de ser um hotel com uma pequena cozinha, ele se destaca como opção para quem quer fazer alguns lanches e comida no próprio hotel. O banheiro não era grande, mas também reformado, com banheira e excelentes toalhas. O hotel possui uma piscina ao ar livre, que passava por reformas durante minha viagem, academia com vista ótima, bar e restaurante, onde é servido também o café da manhã – um pequeno buffet ou a lá carte. O café também poderia ser servido no quarto, mediante pedido. Durante minha estadia os funcionários foram atenciosos, o que também contou positivamente em minha experiência. Leia outras avaliações reais sobre o hotel Le Cantilie Suites em Montreal.

Hotel Monville – Novo e super moderno, o Monville é um hotel ideal para quem procura uma acomodação com ares futuristas. Inaugurado há poucos anos, ele foi construído em um edifício de esquina, pertinho do bairro Chinês, de Old Quebec e próximo da estação Place d’Armes! O edifício possui vários andares e um terraço com vista bonita da cidade. Mantendo essa linha modernista, o hotel possui duas modalidades de check-in e check-out – ele pode ser feito pelo próprio hóspede, em computadores disponíveis no térreo, ou na recepção, de forma presencial. Meu quarto não era grande, mas era aconchegante, confortável e limpo. Tinha banheiro conjugado com a área do quarto, janela de vidro bem grande e com vista da cidade, cortina eletrônica, frigobar e uma televisão grande, com informações do hotel e possibilidade de fazer os pedidos oferecidos pelo serviço de quarto pela própria tv. Uma aquisição interessante do hotel é um robô, que é capaz de levar determinados pedidos sozinho ao quarto do hóspede. Na área comum, o Monville conta com uma academia excelente, estacionamento privativo, restaurante e cafeteria, onde o hóspede pode pegar alguns alimentos para viagem ou para comer no próprio restaurante. Experimentei o restaurante e fiquei bastante satisfeita com o jantar. Para o café da manhã, há a opção de pratos à la carte ou de servir na cafeteria, que tem opções de comidas saudáveis. Para quem gosta de hotéis que invistam em um design diferente e modernidade, certamente é uma ótima opção, principalmente porque não é considerado um hotel caro no contexto hoteleiro de Montreal. Leia outras avaliações reais sobre o Hotel Monville.

Quartier des Spetacle

Best Western Plus Hotel Montreal – Famosa mundialmente, a rede Best Western está presente em mais de um endereço em Montreal e durante minha viagem pude ficar na unidade do Quartier des Spetacle, na rua Saint-Catherine. É um hotel com poucos andares, silencioso, com academia pequena mas que funciona bem, área para uso de computadores, máquinas de auto-serviço em que se pode comprar bebidas e lanches. Meu quarto era espaçoso, com duas camas de casal, janela para a rua mas sem ruídos, estação de trabalho e banheiro de tamanho confortável, com banheira. O quarto serviria bem para um casal com bastante malas ou para uma família com filhos, já que possuía duas camas. O café da manhã do hotel é bem simples, estilo buffet, sem tantas opções, então não espere uma grande variedade de alimentos. É uma opção de hospedagem boa para quem quer ficar perto do comércio da Rua St Catherine, dos restaurantes da rua St Denis e a 5 minutos de caminhada da estação Saint-Laurent . O hotel oferece um bom custo-benefício e permite fazer atividades caminhando. Leia outras avaliações reais sobre o Best Western Plus Hotel Montreal.

Travelodge by Whyndham Montreal –  Indicado para quem procura um hotel com bom preço em Montreal, o Whyndham tem uma decoração atual, academia bem pequena mas nova, estacionamento, restaurante e está conectado a uma lojinha que vende presentes, bebidas e itens básicos. Meu quarto era pequeno e simples, com cama de casal, armário e uma estação de trabalho. O banheiro era também muito pequeno e possuía uma boa ducha. O hotel fica próximo ao bairro chinês de Montreal, tem acesso fácil ao supermercado, ao Complexo Desjardins (shopping), e está entre duas estações de metrô, a Place d’Artes e a Place d’Armes. Para um casal com muitas malas, os quartos mais simples, como o meu, podem ser um pouco limitados. O café da manhã super básico, sem nada especial. O hotel é simples, mas oferece bons preços e por isso é um dos mais reservados na cidade. Se seu objetivo é economizar e ficar em um local centralizado, pode ser uma boa alternativa. Leia outras avaliações sobre o Travelodge by Wyndham Montreal Hotel.

Hotel Faubourg Montreal – Localizado no Quartier des Spetacle, que fica na região central de Montreal, o hotel Faubourg é uma boa opção para quem visita a cidade com a intenção de ter um local mais estruturado, espaçoso e com cozinha. Ele tem pequenos apartamentos em diferentes configurações, que é ideal para quem quer fazer alguns lanches ou está em família grande. Meu apartamento tinha sala confortável com sofás e tv, quarto com televisão e armário, cozinha, banheiro e varanda. Era bem espaçoso, com cama confortável, banheiro de bom tamanho com banheira, cozinha com ítens básicos como geladeira e microondas (talheres ficavam na recepção). Na área comum o hotel conta uma academia pequena, salas de reunião, estacionamento e a área do café da manhã, que é pequeno e simples. A localização do hotel é boa, ele fica na frente de uma rua movimentada onde passa ônibus, a poucos minutos a pé da estação de metrô Champs-de-Mars e dos restaurantes da rua St-Denis. Leia outras avaliações reais sobre o hotel Faubourg Montreal.

Vieux-Quebec/Old Quebec

Hotel Place D’Armes – Hotel 4 estrelas, refinado e ideal para quem quer ficar junto a Old Quebec, a parte histórica de Montreal. A propriedade se espalha por 4 edifícios antigos de exterior antigo e reformados por dentro, em uma das áreas mais nobres de Montreal, ao lado da Catedral Notre-Dame. Ele conta com salas de reunião, academia bem equipada, spa, 2 restaurantes – um japonês e cervejaria estilo francesa – e um rooftop ótimo para tomar uma bebida no verão. No check-in, cujo quarto foi liberado antes da hora, foram muito simpáticos e me ofereceram um quarto com vista para a catedral, que deixou a estadia ainda mais especial. O quarto tinha música ambiente, várias janelas, era espaçoso, com uma cama king e boa roupa de cama. Sua decoração era minimalista e elegante, o frigoba estava recheado e o quarto também tinha uma mesa de trabalho grande. O banheiro tinha um estilo moderno e box com um chuveiro excelente, com duchas que realizavam massagem durante o banho. No fim do dia as camareiras preparam a cama, deixam chocolates e água para o hóspede. O Place d’Armes é um dos melhores hotéis em Montreal, indicado para quem procura uma acomodação estruturada, com um perfil mais luxuoso e que conta com restaurante de boa qualidade! Leia outras avaliações reais sobre o Hotel Place D’Armes.

Hotel Nelligan – Hotel Boutique localizado na cidade antiga de Montreal. Tem 5 andares, bar e restaurante, pequena academia, salas de conferência e spa, além de um rooftoop nos meses mais quentes do ano. É um hotel reformado, com decoração rústica, muitas paredes de tijolinho e requinte. Meu quarto tinha um bom tamanho, cama king, estação de trabalho, poltronas, espelho grande, frigobar e bebidas. A cama era confortável, com roupa de cama de qualidade e o banheiro, reformado, mas com uma banheira estilo antiga. O local era bem aconchegante e silencioso. Meu quarto tinha visto para a rua mas em nenhum momento houve ruídos que incomodassem. O restaurante do hotel é muito bom, com valores um pouco altos. O café da manhã pode ser servido no quarto e também no restaurante, em forma de buffet ou a lá carte – provei o buffet e embora pequeno era gostoso, com diferentes opções de frutas e doces. É uma alternativa de acomodação considerada luxuosa na cidade, com uma verdadeira cara de hotel boutique e uma vertente mais intimista. Durante a noite os funcionários do hotel passam para fazer o turndown, deixando pequenos chocolate Lindt e água. Leia outras avaliações reais sobre o Hotel Nelligan em Montreal.

Le Plateau Mont-Royal

Manoir Sherbrooke – Em um casarão de estilo vitoriano, o hotel Manoir Sheebroke fica na região do Plateau-Mont-Royal, ótima opção para quem quer ficar perto de bons restaurantes e locais descolados. É um hotel pequeno e aconchegante, com quartos de estilo clássico, reformados por dentro. Meu quarto era pequeno, mas confortável, com janelas para a rua, piso de madeira, televisão e cama macia. Seu banheiro era reformado, elegante e espaçoso, com banheira. Aliás, charme e elegância são boas palavras para definir esse pequeno hotel, que ganha o coração pelo estilo arquitetônico e decoração. O atendimento dos funcionários também é outro ponto positivo, foram muito prestativos durante minha hospedagem. Na área comum o hotel tem uma sala de estar com lareira e uma espécie de máquina de auto-atendimento de vinhos, uma excelente pedida para quem gosta da bebida. O café da manhã é pequeno, assim como quase todos os hotéis na cidade, feito com capricho com destaque para os pães e croissants, que eram super gostosos. É uma acomodação para quem procura um espaço intimista, com poucos quartos, em uma área tranquila e ainda assim a cerca de 5 minutos a pé da estação de metrô Sheerbroke, que o levará a toda cidade. Uma informação importante é que esse hotel não tem elevador e se você estiver com malas muito grandes e pesadas, pode ser um pouco complicado transportá-las. Leia outras avaliações sobre o hotel Manoir Sherbrooke. Leia outras avaliações sobre o hotel Manoir Sherbrooke.

Le Village

M Montreal Hostel – Popular em Montreal e conhecido como um dos melhores hostels do Canadá, já havia me hospedado no M Montreal há uns anos atrás e voltei a ficar nele nessa ultima viagem. Para minha surpresa, o Hostel, que já era excelente, ficou ainda melhor. O local foi reformado, ganhou mais um edifício, um rooftop com jacuzzis, uma cozinha grande e bem equipada, cafeteria, área de trabalho silenciosa e um bar no subsolo. Outra grande diferença desse hostel é que ele possui quartos privativos em forma de pequenos apartamentos, opção excelente para quem quer fazer amigos durante a hospedagem sem precisar dividir a acomodação com desconhecidos. Meu quarto, compartilhado com outras 3 mulheres, tinha um tamanho confortável, era reformado, possuía dois beliches com luminárias em cada um deles, cortinas individuais nas camas e armários. O banheiro, dentro do quarto, também era moderninho, com box. Tudo com aquecimento, importante elemento durante o inverno. O M Montréal realmente é um hostel diferente e interessado na em uma boa experiência! No check-in, uma funcionária me mostrou todas as comodidades do local e como funcionavam, inclusive um quadro de atividades, que anunciava os eventos da semana – no dia que cheguei, era noite de massas oferecidas aos hóspedes gratuitamente. Certamente é uma boa opção para quem quer economizar e ficar na região do Village, que tem uma boa vida noturna. O hostel tem restaurantes, supermercado e farmácia por perto, além de uma estação de metrô a menos de 5 minutos de caminhada. Leia outras avaliações reais sobre o M Montreal Hostel.

O Melhores Hotéis é feito em parceria com o Melhores Destinos e Guia de Destinos! Confira aqui as promoções de passagens aéreas para o Canadá e um guia completinho sobre a cidade!

 

Este artigo foi escrito porCamille Panzera